Kinea Private Equity

Fundo Private Equity. Alinha capital e expertise fiannceiro da Kinea com conhecimento operacional e de mercado dos controladores.

Objetivo do Fundo

Ser sócio minoritário de
empresas brasileiras.

É bom para

Investidores com
longo horizonte de
investimento.

Estratégia de Investimento

INVESTIMENTO ENTRE:

R$80 milhões e
R$300 milhões
em empresas de médio e grande porte.

USO DOS RECURSOS:

Acelerar o crescimento das empresas negócios
através de novos investimentos ou aquisições.
Participação minoritária.
Indicação de Conselheiros.

SETORES DE ATUAÇÃO:

Saúde, educação, consumo, infraestrutura,
agronegócio, tecnologia.

Recursos sob Gestão

Kinea Private Equity administra aproximadamente
R$3,4 bilhão
divididos em 6 fundos: Kinea I, Kinea II, Kinea III,
Kinea Co Investimentos II, Kinea Co Investimentos III e Kinea IV.

Kinea Private Equity já investiu
R$1,2 bilhão
em 8 Companhias.

Equipe

Cristiano Lauretti

Sócio-executivo responsável pela área de Private Equity

Cristiano juntou-se à Kinea em setembro de 2009. É sócio responsável pela área de private equity.
Com mais de 16 anos de experiência em private equity, foi diretor executivo do AIG Capital Partners no Brasil. Atua no Conselho de Administração de Unidas, Eliane Revestimentos Cerâmicos, AGV Logística, Uninter Educacional e Grupo Avenida.
Enquanto atuou pelo AIG, participou do Conselho de Administração de empresas como Gol Linhas Aéreas e Fertilizantes Heringer e foi presidente do conselho de administração da Companhia Providência.
Anteriormente, trabalhou com project finance no Banco ABN Amro. Iniciou sua carreira como trainee do Banco Itaú. Cristiano é graduado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Sócios
Executivos
Gestores

Eduardo Santana

Eduardo Marrachine

Sócio-executivo e gestor
dos fundos de Private Equity

Eduardo juntou-se à Kinea em outubro de 2009. Com experiência de mais de 16 anos no segmento de private equity, foi diretor de investimentos no AIG Capital Partners. Iniciou sua carreira na ExxonMobil do Brasil, como analista financeiro, tendo passado posteriormente pelo Banco Patrimônio Salomon Brothers e pelo Banco Bilbao Vizcaya Argentaria no segmento de finanças corporativas.

Eduardo é graduado em administração pública pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV).

funcionario1_450x500

André Dabus Salomão

Sócio-executivo e gestor
dos fundos de Private Equity

André juntou-se à Kinea em outubro de 2009. Com experiência de 15 anos no segmento de private Equity, foi vice presidente de investimentos no AIG Capital Partners. Iniciou sua carreira na Enron América do Sul, tendo passado também por AmBev, no segmento de finanças corporativas.

André é graduado em administração e empresas pela Fundação Getulio Vargas (EAESP-FGV), com pós graduação em finanças pela UCLA (Universidade da California, Los Angeles).

diego_450x500

Diego Montezano Santos

Sócio-executivo e gestor
dos fundos de Private Equity

Diego juntou-se à Kinea em outubro de 2009. Com experiência de 9 anos no segmento de Private Equity, antes de juntar-se à Kinea foi parte da equipe de investimentos do AIG Capital Partners. Iniciou sua carreira no segmento de banco de investimentos no suíço Banco UBS e, posteriormente, Banco UBS Pactual, tendo executado diversos projetos de M&A e ofertas públicas de ações.

Diego é graduado em administração de empresas pela Fundação Getulio Vargas (EAESP-FGV).

Equipe

Camilo Cabianca Ramos

Vice Presidente e gestor dos fundos de Private Equity

Camilo juntou-se à Kinea em abril de 2011. Com experiência de mais de 10 anos no mercado financeiro, Camilo iniciou sua carreira na Rosenberg Partners e trabalhou por 6 anos na área de Investment Banking do Banco Itaú BBA. Atualmente, é membro do Conselho de Administração da AGV Logística.
Camilo é graduado em administração de empresas pela Fundação Getulio Vargas (EAESP-FGV), tendo cursado um semestre acadêmico na Tulane University (EUA).

Associates

Philippe Schlumpf

Analista dos fundos de Private Equity

Juntou-se ao time de Private Equity da Kinea em Julho de 2017 após seu Summer em 2016. Antes disso, participou no time de Portfolio Support Group da Advent International. Também trabalhou na Associação Comercial de São Paulo como Investment Professional, participando do monitoramento de companhias de portfólio, desenvolvimento de novos produtos e liderando novos investimentos/novos negócios. Iniciou sua carreira como analista de M&A na Olimpia Partners.

Philippe é graduado em Engenharia Mecânica pela ETH Zürich (Swiss Federal Institute of Technology Zürich) e possui um MBA pelo MIT Sloan School of Management.

Eric Varga

Analista dos fundos de Private Equity

Juntou-se ao time de Private Equity da Kinea em março de 2013 e participou dos investimentos no Grupo ABC, Lojas Avenida, Eliane e AGV Logística. Sua experiência anterior inclui dois anos de Private Equity na BRZ Investimentos, onde participou de follow-ons, monitoramento do portfolio e projetos de investimentos.

Eric é graduado em Administração de Empresas pela EAESP-FGV, tendo cursado um semestre acadêmico na Witschaftsuniversität Wien (Áustria).

Conrado Pietraroia

Analista dos fundos de Private Equity

Conrado iniciou sua carreira profissional na Kinea Private Equity em dezembro de 2011, tendo participado desde então dos investimentos na Unidas, Delfin Imagem (e, posteriormente, Alliar Medicina Diagnóstica), Eliane Revestimentos Cerâmicos e Uninter Educacional.

Conrado é graduado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Analistas

Arthur Hadler

Analista dos fundos de Private Equity

Arthur juntou-se à Kinea em janeiro de 2015. Iniciou sua carreira na Kinea, participando dos investimentos de Delfin Imagem, Lojas Avenida e AGV Logística.

Arthur é graduado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Cases de
Investimentos

Wizard

Líder no segmento de ensino de idiomas e educação profissional no Brasil, com mais de 2.500 franquias. Investimento de R$200 milhões em maio de 2011 para aquisição de participação minoritária.
Em fevereiro de 2014, a Pearson Education adquiriu 100% do Grupo Multi – maior aquisição já realizada no setor de Educação no Brasil.

Unidas

Empresa prestadora de serviços de rent-a-car e fleet management no Brasil, com frota de mais de 45 mil carros. Investimento de R$100 milhões em julho de 2011 para aquisição de participação minoritária, em consórcio com outros fundos de Private Equity.

Grupo Delfin

Líder no segmento de medicina diagnóstica por imagem no Nordeste do Brasil, com sede em Salvador.
Investimento de R$70 milhões em janeiro de 2013 para aquisição de participação minoritária.
Em março de 2016, a empresa foi comprada pela Centro de Diagnóstico por Imagem (Alliar). Em novembro de 2016, a Alliar reabriu o mercado de capitais brasileiro com oferta inicial de ações de R$ 700 milhões na bolsa de valores.

Grupo abc

Maior grupo independente brasileiro do segmento de publicidade e propaganda, o Grupo ABC atua nos diversos serviços de propaganda e marketing através de suas 14 agências.
Investimento de R$170 milhões em junho de 2013 para aquisição de participação minoritária.
Em janeiro de 2016 a empresa foi integralmente adquirida pela Omnicon Group, um dos maiores grupos de publicidade do mundo.

Lojas Avenida

Líder no segmento de varejo de vestuário no Centro-Oeste e Norte do Brasil, o Grupo Avenida possui sede em Cuiabá e conta com 116 lojas.
Investimento de R$250 milhões em maio de 2014.

Eliane

Fabricante de revestimentos cerâmicos com processo de produção por via úmida e capacidade instalada de aproximadamente 35 milhões de m²/ano.
Investimento de R$150 milhões em outubro de 2015 para aquisição de participação minoritária.

Uninter

Instituições de ensino superior a distancia (EaD), com presença nacional e aproximadamente 170 mil alunos matriculados.
Investimento de R$100 milhões em maio de 2016 através de uma debênture conversível em ações.

AGV Logística

Um dos principais provedores de inteligência e operação logística no País.
Sediada em Vinhedo (SP), possui um modelo de negócios asset light e liderança nos segmentos de saúde animal e humana, além de atuação destacada em outros segmentos de consumo.
Investimento de R$105 milhões em maio de 2016 para aquisição de participação minoritária.

Objetivo do Fundo

Ser sócio minoritário de
empresas brasileiras.

É bom para

Investidores com longo horizonte de investimento.

Estratégia de Investimento

INVESTIMENTO ENTRE:

R$80 milhões e R$300 milhões
em empresas de médio e grande porte.

USO DOS RECURSOS:

Acelerar o crescimento das empresas negócios através de novos investimentos ou aquisições.
Participação minoritária.
Indicação de Conselheiros.

SETORES DE ATUAÇÃO:

Saúde, educação, consumo, infraestrutura, agronegócio, tecnologia.

Recursos sob Gestão

Kinea Private Equity administra aproximadamente
R$3,4 bilhão
divididos em 6 fundos: Kinea I, Kinea II, Kinea III,
Kinea Co Investimentos II, Kinea Co Investimentos III e Kinea IV.

Kinea Private Equity já investiu
R$1,2 bilhão
em 8 Companhias.

Equipe

Cristiano Lauretti

Sócio-executivo responsável pela área de Private Equity

Sócios  Executivos Gestores

Eduardo Marrachine

Sócio-executivo e gestor dos fundos de Private Equity

André Dabus Salomão

Sócio-executivo e gestor dos fundos de Private Equity

Diego Montezano Santos

Sócio-executivo e gestor dos fundos de Private Equity

Vice-Presidente

Camilo Cabianca Ramos

Vice Presidente e gestor dos fundos de Private Equity

Associates

Philippe Schlumpf

Analista dos fundos de Private Equity

Eric Varga

Analista dos fundos de Private Equity

Conrado Pietraroia

Analista dos fundos de Private Equity

Analistas

Isadora Benedini

Analista dos fundos de Private Equity

Arthur Hadler

Analista dos fundos de Private Equity

Cases de Investimentos

Wizard

Líder no segmento de ensino de idiomas e educação profissional no Brasil, com mais de 2.500 franquias.
Investimento de R$200 milhões em maio de 2011 para aquisição de participação minoritária.
Em fevereiro de 2014, a Pearson Education adquiriu 100% do Grupo Multi – maior aquisição já realizada no setor de Educação no Brasil.

Unidas

Empresa prestadora de serviços de rent-a-car e fleet management no Brasil, com frota de mais de 45 mil carros.
Investimento de R$100 milhões em julho de 2011 para aquisição de participação minoritária, em consórcio com outros fundos de Private Equity.

Grupo Delfin

Líder no segmento de medicina diagnóstica por imagem no Nordeste do Brasil, com sede em Salvador.
Investimento de R$70 milhões em janeiro de 2013 para aquisição de participação minoritária.
Em março de 2016, a empresa foi comprada pela Centro de Diagnóstico por Imagem (Alliar). Em novembro de 2016, a Alliar reabriu o mercado de capitais brasileiro com oferta inicial de ações de R$ 700 milhões na bolsa de valores.

Grupo abc

Maior grupo independente brasileiro do segmento de publicidade e propaganda, o Grupo ABC atua nos diversos serviços de propaganda e marketing através de suas 14 agências.
Investimento de R$170 milhões em junho de 2013 para aquisição de participação minoritária.
Em janeiro de 2016 a empresa foi integralmente adquirida pela Omnicon Group, um dos maiores grupos de publicidade do mundo.

Lojas Avenida

Líder no segmento de varejo de vestuário no Centro-Oeste e Norte do Brasil, o Grupo Avenida possui sede em Cuiabá e conta com 116 lojas.
Investimento de R$250 milhões em maio de 2014.

Eliane

Fabricante de revestimentos cerâmicos com processo de produção por via úmida e capacidade instalada de aproximadamente 35 milhões de m²/ano.
Investimento de R$150 milhões em outubro de 2015 para aquisição de participação minoritária.

Uninter

Instituições de ensino superior a distancia (EaD), com presença nacional e aproximadamente 170 mil alunos matriculados.
Investimento de R$100 milhões em maio de 2016 através de uma debênture conversível em ações.

AGV Logística

Um dos principais provedores de inteligência e operação logística no País.
Sediada em Vinhedo (SP), possui um modelo de negócios asset light e liderança nos segmentos de saúde animal e humana, além de atuação destacada em outros segmentos de consumo.
Investimento de R$105 milhões em maio de 2016 para aquisição de participação minoritária.