Início do fundo

11 ago. 10

Taxa de Administração

1,25% a.a.

Taxa de Performance

Não há

Taxa de vacância

5,91%

Patrimônio líquido

R$ 3,70 bi

Linha Detalhe Abas
Dots Abas

Rentabilidade do KNRI11

Atualizado em Agosto/2020

Rentabilidade por preço de Emissão.

Retorno do portfólio considerando a distribuição de renda ao longo do tempo e variação do valor de mercado das cotas.

  1ª Emissão 2ª Emissão 3ª Emissão 4ª Emissão 5ª Emissão 6ª Emissão
  15/09/2010 08/07/2011 13/01/2012 01/02/2013 21/07/2017 05/04/2019
Valor Referencial da Cota 5 100.58 112.86 122.8 163.43 144.48 144.36
Variação da Cota 50,76% 36,52% 27,10% 0,47% 11,03% 11,10%
Renda Distribuída 157,23% 123,48% 103,58% 59,40% 23,39% 8,68%
Rentabilidade Total 207,99% 160,01% 130,68% 59,87% 34,42% 19,77%
CDI no Período 6 123,12% 105,91% 95,25% 80,80% 16,30% 5,50%
Rentabilidade FI x CDI 168,94% 151,07% 137,20% 74,10% 211,16% 359,22%
Ibovespa 7 no Período 45,90% 61,54% 68,00% 64,65% 53,62% 2,33%

* Os valores referenciais da cota das emissões foram ajustados para refletir o desmembramento de cotas ocorrido em 02 de Junho de 2014.
**Certificado de Depósito Interbancário, adotado neste Relatório como mera referência econômica e não como meta ou parâmetro de performance do Fundo.
*** Ibovespa é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. Sua relevância advém do fato de o Ibovespa retratar o comportamento dos principais papéis negociados na B3.

Negociação e liquidez

Em agosto, as cotas foram negociadas em 100% dos pregões da B3, com volume médio diário de aproximadamente R$ 5,0 milhões

Palavra do Gestor

Data ref. Agosto/2020

Para ver as informações completas, acesse a Carta do Gestor.

Durante o mês de Agosto de 2020, não ocorreram movimentações na carteira de inquilinos do Fundo. Dessa maneira, a vacância física³ do Fundo manteve-se em 5,91%, a vacância financeira4 em 9,30% e a vacância financeira ajustada pelas carências previstas nos novos contratos de locação em 9,30%.

A carteira do Fundo segue demonstrando solidez frente aos efeitos da crise do coronavírus, apresentando boa performance de recebimentos de aluguéis no mês de agosto.

Conforme mencionado no relatório anterior, continuamos monitorando a carteira de inquilinos de forma a nos anteciparmos a eventuais impactos que o prolongamento da crise do coronavírus possa exercer sobre o fluxo de recebimentos do Fundo.

Conforme informado em nosso comunicado de rendimentos publicado em 31/08/2020, o valor de rendimentos distribuídos pelo Fundo referente ao mês de julho cujo pagamento ocorrerá em 15/09/2020, será mantido em R$0,65 por cota.

Em relação a obra do CD Cabreúva, observamos uma boa evolução neste mês apesar de ainda apresentar um pequeno atraso considerando o cronograma inicial, resultando em um andamento de obra de 24,85%. Conforme informado anteriormente, a equipe de gestão continua atuando junto a construtora visando a recuperação do atraso apresentado, bem como acompanha de perto as medidas que vem sendo adotadas para mitigar os eventuais impactos que as restrições associadas ao Covid-19 possam trazer para o desenvolvimento do ativo.

Características do KNRI11

Para mais informações confira a Carta do Gestor.

Objetivo do Fundo

Gerar renda de aluguel mensal através da locação de um portfolio diversificado de prédios corporativos e galpões logísticos.

É bom para

Quem deseja investir em uma carteira diversificada de imóveis para locação, com apoio de uma equipe de gestão especializada, e possibilitar retornos adicionais em relação ao mercado real.

Contém

Carteira imobiliária

Portfólio diversificado com foco em edifícios comerciais e galpões logísticos, concentrados nas melhores regiões do país para o mercado de locação:

Como funciona

Baseada em uma abordagem ativa e processos diligentes, estruturados para possibilitar menor vacância e estabilidade no pagamento da renda mensal de aluguel:

1. Mapeamento das oportunidades no mercado imobiliário

Prospecção junto a corretoras e grandes participantes de mercado com o objetivo de selecionar imóveis que possuam o perfil do fundo.
 

2. Análise do Imóvel

Com base nos quesitos abaixo:

– Localização
– Tipologia (padrão de construção)
– Taxa de ocupação
– Locatários atuais e potenciais
– Análise jurídica
– Risco e retorno potencial esperados
 

3. Diligência e avaliação do valor de mercado

– Fase mais profunda de análise jurídica
– Laudo detalhado de avaliação do imóvel como base para decisão de compra
 

4. Aquisição

– Tomada de decisão sobra a compra
– Gestão própria dos processos e documentos da transação, com objetivo de reduzir riscos jurídicos
 

5. Monitoramento

– Oportunidades de melhoria nos imóveis, contratos de locação e relacionamento com inquilinos
– Atenção a fatores de mudança nas regiões onde estão nossos imóveis, com objetivo de decidir sobre mudanças no Fundo
 

Desinvestimento

– Monitoramento das oportunidades e opções de venda dos imóveis.

Carteira Imobiliária

Portfólio composto por 19 propriedades sendo 10 edifícios comerciais e 9 centros logísticos apresentando a seguinte divisão de área e receita por tipologia, demonstrando o equilíbrio existente entre a tipologia de logística e de escritório, conferindo maior previsibilidade e menor volatilidade no fluxo de receitas de aluguel.

Portfólio de imóveis

O portfólio de imóveis é composto atualmente pelas propriedades abaixo:

Imagem Boulevard Corporate Tower

Boulevard Corporate Tower

Avenida dos Andradas, 3000, Bairro Santa Efigênia, na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais

Data de aquisição:Dezembro/2018

Área Locável:20.461,18

Tipologia:Edifício comercial

52,9% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Cabreúva (em desenvolvimento)

Centro de Distribuição Cabreúva (em desenvolvimento)

Rodovia Dom Gabriel Paulino Couto, km 82 (sentido Itú)

Data de aquisição:Outubro/2019

Área Locável:177.820

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Global Jundiaí

Centro de Distribuição Global Jundiaí

Avenida Caminho de Goiás, 100, Jundiaí – SP

Data de aquisição:Nov/11

Área Locável:41.468

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Bandeirantes

Centro de Distribuição Bandeirantes

Rodovia dos Bandeirantes, km 69, Louveira, SP

Data de aquisição:Junho/2013

Área Locável:99.279

Tipologia:Galpão logístico

76,7% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Itaquaquecetuba

Centro de Distribuição Itaquaquecetuba

Rua do Níquel, 205 – Parque Industrial – Itaquaquecetuba – SP.

Data de aquisição:Maio/2018

Área Locável:30.698

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Mogi das Cruzes

Centro de Distribuição Mogi das Cruzes

Rodovia Mogi-Dutra, 11.100 (km 41,4), Mogi das Cruzes, SP

Data de aquisição:Março/2013

Área Locável:69.113

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Pouso Alegre

Centro de Distribuição Pouso Alegre

Rodovia Fernão Dias, km 863, Pouso Alegre, SP

Data de aquisição:Maio/2013

Área Locável:87.750

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Santa Cruz

Centro de Distribuição Santa Cruz

Estrada da Lama Preta, 2.805, Santa Cruz, Rio de Janeiro, RJ

Data de aquisição:Outubro/2013

Área Locável:64.860

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Centro de Distribuição Sumaré

Centro de Distribuição Sumaré

Avenida Parque Industrial, 580, Sumaré, SP

Data de aquisição:Setembro/2011

Área Locável:13.600

Tipologia:Galpão logístico

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Ed. São Luiz (Torre IV)

Ed. São Luiz (Torre IV)

Avenida Juscelino Kubitschek, 1830, São Paulo – Sp

Data de aquisição:Jul/19

Área Locável:11.354

Tipologia:Edifício comercial

86% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Athenas

Edifício Athenas

Rua Doutor Fernandes Coelho, 64, Pinheiros – São Paulo, SP

Data de aquisição:Fevereiro/2011

Área Locável:6.230

Tipologia:Edifício comercial

93% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Bela Paulista

Edifício Bela Paulista

Avenida Paulista, 2.421, Bela Vista – São Paulo, SP

Data de aquisição:Fevereiro/2013

Área Locável:6.521

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Botafogo Trade Center

Edifício Botafogo Trade Center

Avenida Prof. Álvaro Rodrigues, 352, Botafogo – Rio de Janeiro, RJ

Data de aquisição:Julho/2012

Área Locável:8.083

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Buenos Aires Corporate

Edifício Buenos Aires Corporate

Rua Buenos Aires, 15, Centro – Rio de Janeiro, RJ

Data de aquisição:Setembro/2012

Área Locável:6.855

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Diogo Moreira

Edifício Diogo Moreira

Rua Diogo Moreira, 184 – Pinheiros, São Paulo – SP

Data de aquisição:Abril/2019

Área Locável:12.104,57

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Joaquim Floriano

Edifício Joaquim Floriano

Rua Joaquim Floriano, 913, Itaim – São Paulo, SP

Data de aquisição:Março/2011

Área Locável:3.197

Tipologia:Edifício comercial

82% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Lagoa Corporate

Edifício Lagoa Corporate

Rua Humaitá, 275, Humaitá, Rio de Janeiro, RJ

Data de aquisição:Maio/2013

Área Locável:11.687

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Edifício Madison

Edifício Madison

Rua Gomes de Carvalho, 1.195, Vila Olímpia – São Paulo, SP

Data de aquisição:Fevereiro/2013

Área Locável:8.432

Tipologia:Edifício comercial

100% de participação do fundo no empreendimento.

Imagem Jundiaí Industrial Park

Jundiaí Industrial Park

Rodovia Hermenegildo Tonolli, km 2, Jundiaí, SP

Data de aquisição:Fevereiro/2013

Área Locável:75.976

Tipologia:Galpão logístico

90% de participação do fundo no empreendimento.

Equipe

Disciplina financeira com conhecimento imobiliário.

Foto Carlos Martins

Carlos Martins

Sócio e gestor responsável pelos fundos imobiliários de equity

Sócio-executivo e gestor responsável pelos fundos imobiliários de equity. Carlos é sócio fundador da Kinea, responsável pela implementação da área de fundos imobiliários. Atua na área imobiliária desde 2007 sendo responsável pela gestão de recursos, relacionamento com investidores e captação e originação de negócios. Participa ativamente nos comitês de investimentos imobiliários. Anteriormente à Kinea, trabalhou 15 anos no BankBoston onde passou pelas áreas de crédito e operações internacionais e, por 6 anos, esteve na área de structured & corporate finance. Iniciou sua carreira no Citibank.
Carlos possui MBA pela Boston School/Columbia University e MBA Executivo pelo IBMEC, atual Insper, e é graduado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV) e atendeu ao YMP (Young Manager Program) do INSEAD.

Foto Alessandro Estevam

Alessandro Estevam

Estrategista/Aquisições

Alessandro Estevam integra a área de gestão de ativos imobiliários da Kinea e está na empresa desde setembro de 2010. Antes da Kinea, Alessandro trabalhou na Jones Lang LaSalle por 10 anos onde atuou na coordenação de processo de desmobilização, representando empresas multinacionais e investidores institucionais, na aquisição de ativos imobiliários em nomes de investidores nacionais e estrangeiros e análise de melhor uso (Highest and Best Use), tendo ainda atuado nas áreas de consultoria e tenant representation.
Alessandro é formado em Administração de Empresas pela Fundação Alvares Penteado.

Foto Dan Amaral

Dan Amaral

Property Manager

Dan Amaral integra a área de Real Estate atuando na gestão dos imóveis do portfólio logístico dos fundos de renda da Kinea. Possui mais de 11 anos de experiência na área imobiliária com experiências em empresas multinacionais do ramo de Real Estate como CBRE e Prologis.

Dan possui MBA em Liderança, Inovação e Gestão pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Foto Guilherme Iucker

Guilherme Iucker

Relacionamento Inquilinos

Guilherme integra a área de Real Estate atuando com a gestão de relacionamento dos inquilinos e prospecção de futuros clientes dos imóveis logísticos. Possui mais de 10 anos de atuação no mercado imobiliário. Antes da Kinea, trabalhou na Fulwood Investimentos e Participações como responsável comercial de imóveis na região da Grande São Paulo e Minas Gerais. Ainda no mercado imobiliário trabalhou na empresa CBRE Consultoria do Brasil, atuando inicialmente na área de pesquisa industrial, no mapeamento de galpões e condomínios a nível Brasil, por 03 anos, e após isto, atuou como consultor comercial por 08 anos com gestão de clientes/incorporadores na locação dos empreendimentos, coordenação de equipe e supervisão de materiais de marketing bem como desenvolvimento anual do business plan da área.
Guilherme é formado em Administração de Empresas pela Universidade Paulista.

Foto Gustavo Villela

Gustavo Villela

Relacionamento Inquilinos

Gustavo Villela integra a área de gestão de ativos imobiliários da Kinea e está na empresa desde abril de 2018. Antes da Kinea, Gustavo trabalhou na Cushman & Wakefield por 7 anos e Newmark Grubb por 3 anos, onde atuou na coordenação de processos de locação, representando empresas multinacionais e investidores institucionais, na aquisição e locação de ativos imobiliários em nomes de investidores nacionais e estrangeiros, atuando também nas áreas de consultoria e tenant representation.

Gustavo é formado em Economia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Foto Ivan Simão

Ivan Simão

Relações com Investidores

Ivan juntou-se à Kinea em agosto de 2014. Anteriormente, atuou na área de estruturação de produtos de investimentos no Banco Itaú Unibanco. Atuou também no Banco Indusval Multistock na área de gestão de fundos proprietários e na mesa de derivativos da corretora associada a instituição.
Ivan é graduado em administração de empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Foto José Valdir

José Valdir

Property Manager

José Farias juntou-se a Kinea em 2014 com responsabilidade pela gestão de imóveis e relacionamentos de inquilinos, bem como propostas de investimento e implementação de capitais para o fundo de renda da Kinea. Antes de Kinea, trabalhou na São Carlos Empreendimentos e Participações S.A., uma empresa de imóveis comerciais brasileira, por 5 anos, onde era responsável pela administração de imóveis e operações da base de ativos da São Carlos. Ele trabalha no mercado imobiliário desde 2009.
José Farias possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), e é graduado em Administração de Empresas pela Universidade de Osasco/SP.

Foto Luciana Campos

Luciana Campos

Relacionamento Inquilinos

Luciana juntou-se à Kinea em 2012 para atuar na gestão de relacionamento com os inquilinos e elaborar todos os estudos de mercado de aluguel. Suas principais atividades incluem a locação de áreas vagas e renovações de contratos de locação. Atua no mercado imobiliário desde 2008 e antes de Kinea, trabalhou na São Carlos Empreendimentos e Participações, uma das maiores empresas de propriedade brasileira, por 4 anos quando atuou em aluguel de escritórios e área de novos negócios focada em varejo.
Luciana é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Mackenzie e possui pós-graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas.

Foto Marcel Chalem

Marcel Chalem

Controller

Marcel integra a área de gestão de Ativos Alvo da Kinea e está na empresa desde dezembro de 2009, sendo o responsável pelo acompanhamento e monitoramento dos 40 projetos de incorporação imobiliária da Kinea. Também é responsável pelo controle financeiro do fundo de renda. Antes da Kinea, Marcel trabalhou na Lindencorp Desenvolvimento Imobiliário, onde atuou como gerente da área de Finanças Estruturadas, sendo o responsável pela estruturação das mesmas na companhia, onde inclusive atuou na montagem de fundos imobiliários de renda desenvolvidos pela companhia. Ainda no mercado imobiliário, Marcel passou pela Fit Residencial (Gafisa), como responsável pelas áreas de análise de investimentos e planejamento financeiro. Tem mais de 12 (doze) anos de atuação no mercado imobiliário.
Marcel possui especialização em Real Estate Finance pelo MIT – Massachusetts Institute of Technology,  MBA em finanças pelo Insper – SP e é formado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Foto Marcela Penido

Marcela Penido

Financeiro

Marcela juntou-se à Kinea em 2012 para atuar na área de controle financeiro e monitoramento do fundo de Renda. Suas principais atividades incluem planejamento financeiro de fundos, análise financeira de propriedades e investimentos. Ela está no setor imobiliário desde 2010. Antes da Kinea, ela trabalhou na Gafisa S / A (uma das maiores incorporadoras brasileiras), onde atuou como analista de investimentos e planejamento financeiro.
É graduada em administração de empresas pelo Insper (IBMEC – SP).

Foto Maria Carolina Barcelos

Maria Carolina Barcelos

Jurídico

Maria Carolina juntou-se à Kinea em 2019 para atuar no Jurídico da área de fundos imobiliários, sendo responsável pela estruturação e atividades jurídicas societária, imobiliária e contenciosa.
Atua na área jurídica imobiliária desde 2011. Antes da Kinea, trabalhou durante 6 anos na BR Properties S.A., uma das principais empresas de real estate do Brasil, atuando no jurídico imobiliário e societário da companhia.
Maria Carolina é graduada em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e pós graduada em direito imobiliário na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Foto Tamires Carvalho

Tamires Carvalho

Acompanhamento e Monitoramento dos fundos

Tamires é pós graduada em finanças pelo Insper, anteriormente atuou como especialista de Planejamento Financeiro na VBI Real Estate. Outras empresas que estiveram em sua trajetória são a Rodobens, Alphaville Urbanismo e Cipasa, com atuação nas áreas de Relações com Investidores, Análise/Viabilidade de Investimentos e Planejamento Financeiro.

Documentos recentes do KNRI11

Nome do DocumentoData da Atualização
Distribuição Mensal de Rendimentos

8/2020

8/2020
Proposta do Administrador AGE

2/2020

2/2020
Carta do Gestor

8/2020

8/2020
Informe Mensal

7/2020

7/2020
Informativo de Rentabilidade

11/2019

11/2019
Prospecto – 6ª emissão

1/2019

1/2019
Regulamento Vigente Kinea Renda

5/2017

5/2017

Para documentos antigos acesse nossa seção de documentos.

Perguntas Frequentes sobre o KNRI11

É possível realizar o resgate de quotas?

Não, uma vez que o Fundo foi constituído sob a forma de condomínio fechado com prazo de duração indeterminado. As cotas do Fundo serão admitidas para negociação no mercado secundário da BM&FBOVESPA, sendo que os investidores que desejarem sair do investimento deverão negociar suas cotas nesse mercado.

A gestão avalia oportunidades de vender os imóveis para aquisição de outros com melhor perfil/potencial?

Considerando que o Fundo possuí gestão ativa, se o gestor vender um imóvel com lucro, o ganho de capital é tributado? O Gestor poderá considerar a venda de um ativo se entender que este poderá sofrer uma desvalorização, caso entenda que o ativo já atingiu o seu ponto máximo de valorização ou caso tenha recebido uma proposta muito interessante. Quando o Fundo realiza uma venda com lucro, o ganho não é tributado na carteira do Fundo e, ao distribuí-lo aos cotistas, também não há tributação. Cabe lembrar que se o cotista vender suas cotas no mercado secundário, seu ganho de capital na venda das cotas (diferença entre o preço de venda e o custo de aquisição das cotas) será tributado em alíquota de 20%.

Quando a cota se torna ex-dividendos?

A cota do Fundo se torna ex-dividendo no primeiro dia útil do mês do pagamento, garantindo aos Cotistas que forem titulares das cotas até o último dia útil do mês anterior os rendimentos do mês. Ou seja, para receber os rendimentos, pagos sempre no décimo dia útil, o investidor deve ser o titular das cotas até o último dia útil do mês anterior aos pagamentos. Para os locatários, qual a vantagem em ter o Kinea Renda como locador dos imóveis que alugam? O Fundo tem uma gestão profissional com equipe com histórico no mercado imobiliário. Além disso, o Fundo costuma comprar quase que a totalidade dos ativos, ou seja, tem controle sobre o que ocorre ou poderá ocorrer no imóvel. Dessa maneira, tem condições de melhor atender demandas dos inquilinos. Importante mencionar que hoje temos membros da equipe dedicados a interagir com nossos inquilinos e também profissionais dedicados à resolução de problemas de manutenção de nossas propriedades.

Quais tributos e despesas pagas pelo fundo na compra ou venda de um imóvel? O fundo paga comissão de corretagem?

Os custos envolvidos na aquisição de um imóvel são: (I) O valor pago propriamente pelo imóvel, que usualmente inclui a comissão do corretor (corretagem); (II) Os custos de ITBI e demais emolumentos podem variar dependendo da localização e tipologia do ativo; (III) Custos de avaliação associados a custo de laudo de aquisição, laudo técnico, laudo ambiental e laudo jurídico.

Qual a periodicidade do pagamento da renda de aluguel? Como é feita a distribuição?

Os rendimentos são pagos mensalmente, no 10º dia útil de cada mês. Para receber, o cliente deverá deter as cotas até o último dia útil do mês anterior.

O que é um contrato de locação atípico?

Uma Locação Atípica é uma locação que não se sujeita às regras estabelecidas pela Lei do Inquilinato. Ou seja, nesta locação, as partes abrem mão dos direitos e obrigações estabelecidos em Lei e estabelecem, no contrato, regras específicas para regular a relação de locação. A Locação Atípica é muito relacionada à operações de “Built-to-Suit”. Nestas, um determinado investidor (Locador do imóvel) constrói um imóvel customizado para um determinado usuário (Locatário), atendendo às suas necessidades específicas. Este tipo de operação só é justificável economicamente se o Locador (investidor) tiver uma maior segurança quanto à permanência do Locatário no imóvel, o que não seria possível por meio da locação convencional. O regramento próprio, através da Locação Atípica, garante que o investidor tenha maior segurança de ser remunerado pelo investimento realizado.

Como é feito o reajuste dos aluguéis? A renda não deveriam ser reajustada anualmente?

Em contratos típicos de aluguel temos o reajuste anual pela inflação (IGPM ou IPCA), sendo que o valor pode ser avaliado de acordo com o mercado a partir do 3º ano de locação. Contratos atípicos são atualizados anualmente pela inflação, não sendo permitida sua reavaliação a mercado. Tais ajustes, quando ocorrem, compõem a receita de aluguel do Fundo que, juntamente com a receita financeira decorrente dos investimentos do caixa, determinam a distribuição dos rendimentos. À medida em que o caixa seja convertido em ativos imobiliários, os rendimentos serão reajustados.

Os imóveis possuem seguro? Quais coberturas o seguro prevê?

Sim. As apólices foram contratadas com empresa de primeira linha e o seguro cobre o imóvel e seus equipamentos e acessórios contra os riscos de incêndio, raio, explosões, vendaval, furacão, ciclone, tornado, granizo, fumaça, impacto de veículos terrestres, queda de aeronave e perda dos aluguéis em caso de sinistro.

Qual a periodicidade de reavaliação dos imóveis?

De acordo com a instrução CVM 516/11, os fundos imobiliários devem reavaliar o valor de seus ativos imobiliários que tenham por objetivo obter renda, como os ativos do Fundo, pelo menos 1 vez ao ano. O fundo realiza a avaliação de seus ativos anualmente no mês de junho.

Além de imóveis, quais outros ativos o Fundo pode investir?

O foco do Fundo é adquirir imóveis. O caixa disponível ou os recursos não utilizados temporariamente na aquisição de imóveis serão investidos em ativos de liquidez, como títulos públicos, onde há incidência de IR sobre a aplicação pelo Fundo, ou em outros ativos de lastro imobiliário e com liquidez, como LCIs, onde não há incidência de IR sobre a aplicação pelo Fundo. D0)

Qual é a tributação aplicável para os investidores do Fundo?

As pessoas físicas são isentas do Imposto de Renda sobre os rendimentos distribuídos pelo fundo, desde que (I) as cotas do fundo sejam admitidas à negociação exclusivamente em bolsas de valores ou no mercado de balcão organizado, (II) o fundo possua no mínimo 50 Cotistas e (III) o Cotista não seja titular de cotas que representem 10% ou mais da totalidade das emitidas ou que lhe dê direito ao recebimento de rendimento superior a 10% do total auferido. Há incidência do Imposto de Renda, à alíquota de 20%, sobre os rendimentos auferidos de pessoas jurídicas. Na venda das cotas no mercado secundário, tanto as pessoas físicas quanto as jurídicas estão sujeitas à incidência do Imposto de Renda, à alíquota de 20%, sobre o ganho de capital.

Qual a origem da renda mensal paga pelo Fundo?

Os rendimentos do Fundo decorrem majoritariamente do pagamento de aluguéis pelos inquilinos dos imóveis que compõem sua carteira. Poderá haver também alguma receita financeira associada à aplicação do caixa do Fundo até a aquisição dos imóveis ou mesmo no caixa reserva, que fica segregado para fazer frente a eventuais despesas extraordinárias. Caso o Fundo venha realizar a venda de um ativo, tais recursos, à opção do Gestor, poderão ser reinvestidos em novos ativos imobiliários ou distribuídos entre os Cotistas.

Qual o objetivo do Kinea Renda Imobiliária?

O objetivo do Fundo é possibilitar um rendimento mensal obtido com os aluguéis gerados por uma carteira diversificada de imóveis não residenciais, proporcionando ainda aos Cotistas pessoas físicas isenção no Imposto de Renda sobre os rendimentos distribuídos pelo Fundo*. Esse objetivo será alcançado por meio da composição de um portfólio diversificado de imóveis e de locatários, em contraposição a fundos com um único imóvel. Ou seja, o Kinea Renda não tem o objetivo de aplicar seus recursos em empreendimento(s) imobiliário(s) específico(s). Sua proposta de investimento é a gestão de empreendimentos comerciais e centros de distribuição preferencialmente prontos, podendo também realizar investimentos em projetos em construção, via aquisição de unidades autônomas ou da totalidade de um empreendimento. O Fundo não investirá em projetos de saletas comerciais ou empreendimentos residenciais. * Se atendidos os requisitos da legislação em vigor. Para mais informações sobre tributação incidente ao investimento no Fundo, leia a seção “Tributação dos Investidores” do Prospecto.

Outros fundos Imobiliários Tijolo

Imobiliários Tijolo

KEVE11

Fundo imobiliário da Kinea com estratégia de investimento focada no desenvolvimento de projetos residenciais em parceria com a Even Construtora e Incorporadora S/A.

saiba mais
Imobiliários Tijolo

KINP11

Fundo imobiliário da Kinea com estratégia de investimento focada no desenvolvimento de projetos residenciais em parceria com a Even Construtora e Incorporadora S/A.

saiba mais
Imobiliários Tijolo

KFOF11

Fundo de fundos imobiliários.

saiba mais
Imobiliários Tijolo

KNRE11

Fundo imobiliário da Kinea em fase de desinvestimento e as distribuições realizadas são compostas por rendimento e devolução de capital

saiba mais
Detalhe Fundo dot
Detalhe Fundo dots Grupo
Detalhe Fundo Linhas

Cadastre-se em nossa newsletter

E fique por dentro do mercado de fundos