Início do Fundo

27 abr. 17

Cota Patrimonial

136,36
(Data Ref. 29/09/20)

Cota de Fechamento de Mercado

136,80(Data Ref. 29/09/20)
Ver em tempo real

Patrimônio Líquido

2.643.424.738,29

Vol. negociado mês

R$ 1,2 milhões

Linha Detalhe Abas
Dots Abas

Rentabilidade do KDIF11

Atualizado em Agosto 2020

2020 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
COTA PATRIMONIAL 1.39% 0.83% 0.63% -7.28% -0.35% 3.02% 2.47%   4.74% -2.19%         
COTA MERCADO 6.32% 4.97% 1.72% -20.01% 10.79% 2.63%  2.76%  3.85%  2.59%        
IMA-B 0.8% 0.26% 0.45% -6.97% 1.31% 1.52%  2.05%  4.39%  -1.80%        
2019 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
COTA PATRIMONIAL 24.13% 4.27% 0.45% 0.65% 1.02% 3.92% 4.19% 1.10% -0.09% 3.37% 4.33% -2.54% 1.41%
COTA MERCADO 9.33% -2.51% 1.39% 7.42% -0.36% -2.03% 0.77% 5.34% 6.01% -1.70% -0.62% -1.76% -2.3%
IMA-B 22.95% 4.37% 0.55% 0.58% 1.51% 3.66% 3.73% 1.29% -0.40% 2.86% 3.36% -2.45% 2.01%
2018 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
COTA PATRIMONIAL 17.68% 5.13% 0.04% 1.08% 0.22% -0.79% -0.07% 1.96% 0.08% -0.80% 7.89% 0.34% 1.66%
COTA MERCADO 26.42% 5.13% 0.04% 1.08% 0.22% -2.53% -0.91% 1.83% 3.38% -2.40% 8.48% 1.27% 8.83%
IMA-B 13.06% 3.40% 0.55% 0.94% -0.14% -3.16% -0.32% 2.32% -45.00% -0.15% 7.14% 0.90% 1.65%
2017 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
COTA PATRIMONIAL 7.19%       0.13% -0.47% 0.17% 3.77% 1.35% 2.01% -0.44% -0.21% 0.75%
COTA MERCADO 7.19%       0.13% -0.45% 0.17% 3.77% 1.35% 2.01% -0.44% -0.21% 0.75%
IMA-B 6.14%       0.26% -1.19% 0.16% 4.00% 1.34% 1.81% -0.38% -0.76% 0.83%

Cota diária do KDIF11

(Data Ref. 29/09/20)

Para visualizar as informações completas, acesse Valor Patrimonial da Cota.

Fundo Data de Referência Cota Patrimonial Patrimônio Líquido (R$) Quantidade
de Cotas
Duration
(Anos)
Yield Médio MTM (IPCA +) Spread Médio MTM (IPCA+) % Debêntures
Kinea Infra FIC
FIDC de Infraestrutura
29/09/2020 136,355536 2.643.424.738,29 19386266 8,07 5,20% 1,88% 94,90%

Palavra do Gestor

Data ref. Agosto 2020

Para ver as informações completas, acesse a Carta do Gestor.

Em agosto a cota do KDIF11 negociada na B3 subiu 2,6% e se aproximou da cota patrimonial. A carteira de debêntures continua com fundamentos sólidos.

MERCADO DE DEBÊNTURE

As taxas de juros dos títulos públicos indexados à inflação subiram no mês de agosto. A NTN B 2030, por exemplo, foi de IPCA + 2,75% no início do mês para IPCA + 3,08% no dia 31/08. Adicionalmente, a inclinação da curva de juro real (diferença de rendimento de 10 e 2 anos) se elevou novamente, de 245 bps para 308 bps, retomando um patamar bastante elevado historicamente.  O principal motivo foi a preocupação com o quadro fiscal dos próximos anos, mais especificamente em relação ao cumprimento do teto dos gastos e, consequentemente, a dívida pública Federal.

 

A elevação das taxas das NTN Bs implica na queda nos preços destes papéis, que por sua vez são usados como referência de preço para as debêntures da carteira.  Portanto, o preço das nossas debêntures também caiu, em linha com as NTN Bs, e por isso o retorno do fundo foi de -2,19% em Agosto.  A contrapartida deste movimento de elevação de taxas é que o retorno esperado da carteira daqui para frente se eleva. Sai de IPCA + 3,29% (líquido de despesas) no final de julho para IPCA + 3,70% no final de agosto (líquido de despesas).

 

O mercado de crédito corporativo tem mostrado continuidade de recuperação com maior diversificação de emissões e prazos maiores quando comparados aos piores meses da crise (março e abril). Principal motivo tem sido o forte arrefecimento dos resgates nos fundos de crédito em geral, reduzindo a pressão por venda acelerada de debêntures. Na visão da equipe de gestão do Fundo, estamos num momento favorável para alocação de capital, uma vez que há atrativo equilíbrio entre os spreads de crédito que temos negociado para as novas debêntures e a qualidade das emissões.

Características do KDIF11

Para mais informações confira a Carta do Gestor.

Objetivo do Fundo

Rentabilidade de 0,5% a.a. a 1,0% a.a. acima dos títulos do governo indexados ao IPCA, com prazo semelhante a duration do Fundo.

Risco de Crédito Baixo e Diversificado

É bom para

Quem deseja investir em uma carteira diversificada de debêntures incentivadas de infraestrutura com o monitoramento de uma equipe de gestão especializada.

Aplicação Inicial

Valor referente a uma cota, de acordo com o preço negociado na bolsa de valores (B3).

Rendimentos Semestrais

Pagamentos semestrais de rendimentos (maio e novembro).
Alíquota zero no Imposto de Renda no rendimento e no ganho de capital da cota.

Liquidez

Fundo fechado, com cotas a serem negociadas na bolsa de valores (B3).

Como funciona

Originação:

– Sponsors de primeira linha;
– Representatividade na Assembléia Geral de Debenturistas para aumentar a segurança no ativo;
– Debêntures com favorável relação risco/retorno
 

Estruturação e análise:

– Privilegiamos segurança nos seguintes fatores;
– Empresas operacionais ou garantias adicionais que mitigam risco de construção;
– Diligência financeira e jurídica;
– Diligência técnica
 

Ativismo e monitoramento:

– Ativismo na gestão da carteira e na readequação da carteira frente às condições de mercado e voz ativa nas assembléias das debêntures

Carteira de ativos

Equipe

Disciplina financeira com conhecimento setorial.

Foto Aymar Almeida

Aymar Almeida

Sócio e Gestor responsável pelo fundo de infraestrutura

Aymar trabalha na Kinea desde sua criação em 2007. É o sócio e responsável pela área dedicada a fundos de infraestrutura e de renda variável. Possui 20 anos de experiência com gestão de fundos de investimentos, sendo 14 deles em renda variável. Anteriormente à Kinea, trabalhou como gestor de investimentos na Franklin Templeton e no BankBoston Asset Management, onde esteve por 12 anos chegando a ser diretor estatutário.
Aymar possui MBA pela Ross School of Business – University of Michigan, turma de 2001 e é graduado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo (Escola Politécnica -USP).

Foto Bruno Signorelli

Bruno Signorelli

Análise, Estruturação e Monitoramento de Crédito

Bruno integra a área de gestão de fundos da Kinea desde 2018. Antes da Kinea, trabalhou por 4 anos na Bain & Company, onde dedicou-se a suportar clientes na gestão de grandes projetos de investimento.

Bruno possui  MBA pela The Wharton School – University of Pennsylvania, onde graduou-se com honras, e é graduado com honras em engenharia mecânica-aeronáutica pelo ITA.

Foto Fábio Massao

Fábio Massao

Responsável pelos fundos de infraestrutura

Fábio se juntou à Kinea em 2017. Possui 12 anos de experiência no setor, estruturando investimentos em dívida, mezanino e equity. Atuou na Casa dos Ventos, onde foi responsável por transações de M&A e project finance, incluindo debêntures incentivadas. Anteriormente, foi pessoa-chave na equipe de gestão do private equity no Grupo Santander, onde também atuou como CEO da CBPB, companhia investida no setor de energias renováveis. Iniciou sua carreira no Banco ABN Amro.

Fábio é MBA pela The University of Chicago Booth School of Business, mestre em Economia pela EESP-FGV e bacharel em Economia pela FEA-USP.

Foto Ivan Simão

Ivan Simão

Relações com Investidores

Ivan juntou-se à Kinea em agosto de 2014. Anteriormente, atuou na área de estruturação de produtos de investimentos no Banco Itaú Unibanco. Atuou também no Banco Indusval Multistock na área de gestão de fundos proprietários e na mesa de derivativos da corretora associada a instituição.
Ivan é graduado em administração de empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Documentos recentes do KDIF11

Nome do DocumentoData da Atualização
Prospecto 5ª Emissão

9/2020

9/2020
Retomada 5ª Emissão

9/2020

9/2020
Ata AGE

10/2019

10/2019
Carta do Gestor

8/2020

8/2020
Demonstrações Financeiras

6/2018

6/2018
Valor Patrimonial da Cota

9/2020

9/2020

Para documentos antigos acesse nossa seção de documentos.

Detalhe Fundo dot
Detalhe Fundo dots Grupo
Detalhe Fundo Linhas

Cadastre-se em nossa newsletter

E fique por dentro do mercado de fundos