Instagram | Kinea Investimentos Siga nossa página no Instagram e receba novidades. Siga nosso perfil Siga nosso perfil

Close

Pontuação de Risco

Pontuação de Risco 3

x

Pontuação de Risco A Pontuação de Risco Kinea é feita com base nos riscos de mercado, crédito e liquidez.

Início do Fundo

30/nov/2020

Taxa de Administração Máxima

1,00% a.a.

Taxa de Performance

Não há.

Linha Detalhe Abas
Dots Abas

Onde investir no IPCA Dinâmico?

NOVIDADE

Invista nos fundos Kinea

Cadastre-se em nossa plataforma de investimentos em parceria com a Órama.

Ativa Investimentos

Ativa Investimentos

Invista agora
Itaú Personnalité

Itaú Personnalité

Invista agora

Rentabilidade do IPCA Dinâmico

Atualizado em Dezembro 2021

Selecione o ano
2021 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
FUNDO 3.90% 0.33% -0.32% 0.25% 0.07% 0.46% 0.13% -0.80% 0.42% 2.78% -2.07% 2.29% 0.39%
CDI 10.36% 0.81% 0.48% 0.99% 0.60% 0.59% 0.66% 0.77% 0.89% 1.01% 1.17% 1.09% 0.84%
%CDI -6.46% -0.49% -0.80% -0.74% -0.53% -0.13% -0.53% -1.57% -0.47% 1.77% -3.24% 1.20% -0.45%
2020 ANO JAN. FEV. MAR. ABR. MAI. JUN. JUL. AGO. SET. OUT. NOV. DEZ.
FUNDO 1.98%                       1.98%
CDI 1.11%                       1.11%
%CDI 0.87%                       0.87%

Palavra do Gestor

Data ref. Dezembro 2021

Vídeo de análise

Se preferir, confira a carta na íntegra:

Para ver as informações completas, acesse a Carta do Gestor.

JUROS DIRECIONAL

Resultado positivo. No Brasil, ocorreu fechamento de taxas em dezembro, principalmente devido a forte queda das expectativas do mercado para a inflação. Atividade econômica surpreendendo para baixo, números de inflação saindo em linha e ausências de novas surpresas negativas na tramitação da PEC dos Precatórios auxiliaram no movimento. Aproveitamos para diminuir nossas posições pré-fixadas durante o mês. Existe o risco da variante Omicron levar a uma onda de casos de COVID no país, o que poderia levantar novos questionamentos fiscais. Além disso, seguimos comprando inclinação na parte intermediaria da curva como proteção, pois o mercado já precifica um corte de aproximadamente 250 pontos a partir de meados de 2022.

JUROS RELATIVO

Resultado negativo. No mês de dezembro ocorreu queda na curva de juros, com destaque para os vértices intermediários (anos 2023 ao 2025) que acabou prejudicando algumas de nossas principais posições. Ao longo do mês reduzimos nossas posições compradas nos anos de 2029 e 2030, realizando lucro uma vez que estas posições já se apresentam próximas do campo positivo. Além disso, montamos novas posições compradas no miolo da curva (ano 2023).

JUROS CAIXA

Resultado negativo. Apesar da forte inflação corrente (0,95% no mês de novembro e 0,62% projetado para o mês de dezembro), o mês foi marcado por uma forte redução da expectativa de inflação de 1 ano por parte do mercado. Sendo assim, o Cupom das NTN-Bs subiu quase 1% ao longo do mês (de aproximadamente 4,80% a.a. para 5,65%a.a.), gerando perdas para o fundo. Seguimos com a carteira posicionada em NTN-Bs com vencimento em mai/2023, mantendo exposição de 90% do patrimônio em IPCA e prazo médio próximo de 1,2 anos.

INFLAÇÃO

Resultado positivo. O fundo montou uma posição vendida em inflação implícita intermediaria ao longo do mês e foi beneficiado com a queda de quase 100 bps nesses vencimentos. Esse forte movimento ocorreu devido a alguns fatores: 1) revisão baixista na inflação de curto prazo, fazendo o ano fechado de 2021 cair de 10,25% para 9,95%; 2) Banco Central manteve uma linguagem bastante dura nas suas comunicações oficiais; 3) atividade econômica segue surpreendendo negativamente e 4) diminuição do risco fiscal com a aprovação pelo Congresso das mudanças nas regras fiscais sem novas alterações que pudessem deteriorar ainda mais o arcabouço fiscal.

RENDA FIXA INTERNACIONAL

Resultado positivo. Seguimos posicionados para aumento da curva de juros nos EUA. Os juros reais americanos estão próximos do mínimo histórico em uma economia onde o desemprego caminha para abaixo de 3%, as pressões de inflação tem se mostrado persistentes e o crescimento tem reacelerado ao longo do 4º trimestre.

Características do IPCA Dinâmico

Para mais informações confira a sem documento.

Objetivo do Fundo

Superar o IPCA em linha com um perfil de risco moderado, uma volatilidade anual ao redor de 4,0% ao ano. Agregar valor através de investimentos no Brasil e Internacional em juros, inflação, moedas e crédito privado no Brasil e exterior, utilizando como parâmetro a inflação no Brasil.

Perfil de risco moderado

Superar o IPCA em 3%

Diferentes classes de ativos

Diversificar para trazer consistência e reduzir perdas extremas

Moedas

Arbitragem


Inflação

Juros

Filosofia de risco

Maiores retornos controlando riscos extremos

Estilo da gestão

Alocações baseadas em análises macro e microeconômicas, fundamentadas em posicionamentos direcionais e relativos.

Como funciona

Atribuições claras, processos bem definidos e diligentes. Retro-aprendizagem: revisão constante do cenário e atribuição de resultados por estratégia e por gestor.

Como Funciona - Kinea

1. ESPECIALISTAS

Especialistas em cada mercado sugerem ao comitê operações com potencial de retorno assimétrico.

2. REUNIÃO DE ANÁLISE

Análise e questionamento entre especialistas e o comitê para a definição da alocação: disciplina, assertividade e atribuição de responsabilidades na escolha dos melhores ativos.

3. PORTIFÓLIO

Definição da carteira de investimentos.

4. EXECUÇÃO

Execução baseada em preços e critérios técnicos.

5. RETRO-APRENDIZAGEM

Revisão do cenário;
Atribuição de performance.

Equipe

Equipe multidisciplinar, sócia do cliente no fundo.

Foto Marco Aurelio Freire

Marco Aurelio Freire

Sócio e gestor dos fundos líquidos

Marco iniciou na Kinea em Janeiro de 2015 como gestor responsável pelas estratégias Hedge Fund Macro. Entre 2008 e 2014 foi Chief Investment Officer dos fundos de renda fixa locais e multimercados da Franklin Templeton no Brasil.
Marco está envolvido na gestão de fundos de renda fixa e multimercados desde 2004, tendo trabalhando no Bank Boston Asset Management na mesa de renda fixa.
Marco possui o mestrado em economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e é bacharel em economia pela mesma universidade.

Foto Denis Ferrari

Denis Ferrari

Renda Fixa Local

Denis juntou-se à equipe da Kinea em março de 2015. Anteriormente à Kinea, foi gestor dos fundos multimercados e renda fixa na Franklin Templeton entre 2010 e 2015. Foi gestor de fundos institucionais na área de renda fixa do Votorantim Asset Management, sendo o principal responsável por esse segmento. Também trabalhou no Banco Itaú e BankBoston Asset Management como gestor de fundos, analista de risco e mercado de capitais.
Denis possui MBA em derivativos pela Universidade de São Paulo (USP) em parceria com a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) e é graduado em economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Foto Leandro Teixeira

Leandro Teixeira

Arbitragem de Juros

Leandro se juntou à Kinea em maio de 2017 como estrategista de renda fixa focado em arbitragens na curva de juros. Anteriormente, foi trader de renda fixa de mercados emergentes do Banco HSBC, trader de renda fixa da Votorantim Asset Management, trader de ações na Explora Investimentos e trader na área de multimercados da Franklin Templeton Investimentos (Brasil).
Leandro é graduado em engenharia civil pela Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Foto Lucas Freddo

Lucas Freddo

Renda Fixa LATAM

Foto Roberto Costa Elaiuy

Roberto Costa Elaiuy

Renda Fixa Local

Roberto juntou-se à equipe da Kinea em abril de 2019.
Começou sua carreira em 2004 passando pelas instituições ABN AMRO Asset Management, General Motors e Banco de Tokyo Mitsubishi.
Entre 2010 e marco de 2019 atuou como um dos principais gestores de fundos institucionais do Votorantim Asset Management, passando também pela gestora Western Asset Management.
Roberto é graduado em administração de empresas pela Universidade Mackenzie, possui as certificações CGA, CFA Level I, além de MBA em finanças pela Fundação Getúlio Vargas.

Foto Yuri Di Bella

Yuri Di Bella

Renda Fixa Internacional

Yuri iniciou na Kinea em Novembro de 2020 como estrategista responsável por Renda Fixa Offshore. Anteriormente trilhou carreira em Londres, atuando nos mercados de juros e moedas global. Foi sócio fundador e gestor na Soloda Investment Advisors, gestor na Moore Capital e trader no Deutsche Bank.

Yuri é formado em Economia pela London School of Economics.

Documentos recentes do IPCA Dinâmico

Nome do Documento Data da Atualização
Informativo de Rentabilidade

12/2021

12/2021
Carta do Gestor

12/2021

12/2021
Relatório Anual

12/2020

12/2020
Regulamento IPCA Dinâmico

10/2020

10/2020

Para documentos antigos acesse nossa seção de documentos.

Cadastre-se em nossa newsletter

E fique por dentro do mercado de fundos

Ao se cadastrar você concordar com nossa Política de Privacidade.